Site Meter

terça-feira, 21 de novembro de 2006

Politicamente correcto......ou talvez não.....

Hoje resolvi colocar aos leitores algumas questões que se prendem com a chegada do casamento.
Então vou dividir isto por três partes:
- Solteiros
- Casados
- Outros
Faço notar que esta divisão tem essencialmente a ver com a forma que cada qual encara a questão. Então é assim;

Solteiros: os que pensam em casar, terão algumas metas definidas? Tipo, o que pretendem fazer até, ou antes de casar? Grandes borgas? Ter o maior número de parceiras(os)? Realizar todas as fantasias? O que não gostariam de deixar de fazer antes de casar? O que acham que todos os casados deveriam experimentar antes do casamento?
Casados: agora que estão casados, o que fizeram que deveria ter sido feito antes do casamento? O que não fizeram e que agora pensam que deveriam ter feito ou poderiam?Todos experimentaram tudo o que queriam antes de casar? O que acham que todos os solteiros deveriam experimentar antes do casamento?

Outros: E vocês? Divorciados, viúvos, sei lá mais o quê......o que têm a dizer sobre isto?
Como já devem ter reparado, espero que este post seja no fundo a palavra dos inexperientes, dos mais ou menos e também de quem já tem essa experiência. Espero o contributo de todos, porque a diversidade das respostas será a mais valia deste post!
Força nesses comentários!

57 comentários:

  1. Vou já ab abrir as hostilidades.

    Para mim o casamento não é o fim de nada... na vida temos apenas uma "meta" como certa: a morte!

    se me perguntares o que queres fazer até morreres, eu direi muita coisa! Mas até não casamento... não me parece que seja importante.

    Como tudo na vida, as coisas acontecem quando têm de acontecer.

    A unica coisa que me parece essencial que aconteça, ou seja que exista é a experiencia. Essa sim poderá ser fundamental para o equilibrio da relacção após o casamento.

    beijos

    depois volto, para contribuir para a discussão.
    jokassssss

    ResponderEliminar
  2. Olá, terei muito prazer em entrar nesta discussão... mas assim de repente não estou bem a ver onde queres chegar com esta divisão entre solteiros casados e outros, acho que a questão não deveria de ser colocada desta forma... sou da mesma opinião da bad-lolita.
    Achas que o casamento é o fim das vivências, experiências, desejos, prazeres sexuais...? Achas que tudo tem de ser feito antes, senão com o casamento morre?
    Se pensas que casar é terminar a vida sexual, é melhor ficares noivo para sempre, sempre podes continuar a dar largas ao teu apetite...

    Voltarei, para continuar a "discutir"...Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Bad lolita: é por isto que eu adoro quando comentas! Claro que o casamento não é o fim de nada! A questão é: achas que ficou algo por fazer? não existe algo que não fizeste e em que pensas?

    ResponderEliminar
  4. Eu: A separação entre solteiros e casados na minha ótica é muito simples: uns nunca casaram e os outros já o são!
    Os primeiros não sabem o que vão sentir falta ou não enquanto os casados podem dizer por experiência própria....!
    Convém talvez dizer também fantasias e desejos todos têm, mesmo depois de casados! repito: mesmo depois de casados! Apenas uns admitem.....outros...nem tanto!
    A discussão (saudável) continua...

    ResponderEliminar
  5. xii... Eu estou nos casados, não casados, ou outros? Essa é boa.... Vou ter de comentar as 3 opções... Então é assim: Era uma vez... um rapazinho simpático, alegre, extrovertido. Ia a festas, divertia-se, curtia aqui e acolá, namorou... casou... perdeu alguma da alegria que tinha, mas tinha encontrada uma outra, essa partilhada a dois. Nos primeiros tempos , ainda meio perdido com as mudanças da vida, foi aguentando até que um dia, viu que a vida de casado não é mais que uma miragem do deserto, pois já não há casamentos como antigamente. Tenta levar o casamento a bom porto, e quando bate no fundo de tanto "escavar" e não dar fruto, perde-se no que o rodeia no quotidiano, chegando mesmo a ter comportamentos por muitos condenados, com outras mulheres. Não vejo isso como um acto condenável, mas sim como um empurrão ENORME para continuar a lutar pelo "sim" dado há uns anos. Acredito que cada "facadinha" dada, é um ponto a favor do casório! Cada vez amo mais a minha mulher !

    ResponderEliminar
  6. Concordo plenamente com as opiniões em cima. Convem experimentar antes de escolher.
    Quanto ao resto, nada muda. Falas de fantasias...quando a relação é boa e tens a certeza da escolha que fizes-te, a outra pessoa está sempre incluida nas tuas fantasias, agora se envolver terceiros... nada que uma boa conversa não resolva ;)
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Marido: não era própriamente aí que queria chegar mas.....a tua opinião é a tua opinião:;)

    ResponderEliminar
  8. Nay: quais das opiniões? Fala a experiência ou a visão do correcto?

    ResponderEliminar
  9. Eu amo ser solteira.
    Não tenho problemas com fantasias não realizadas.
    Sinto-me bem assim, porque sou excelente companhia para mim mesma. Vivo cercada de mimos e atenção de amigos e amantes.
    Já morei junto com um homem sem estar casada, isso é válido?
    Em cada situação há bons e mas momentos, como convém à dinâmica da vida. Sempre a mudar, transformar.
    Noivo, tu estás com medo do compromisso no altar? Por isso a enquete?
    Beijos e obrigada por tua visita.
    Fada Safada

    ResponderEliminar
  10. Da opinião de que se deve ter alguma experiência na matéria antes de escolher.
    Quanto a mim, falo com conhecimento de causa. Vivo uma união de facto há alguns anitos e apesar de nem sempre ter sido assim, hoje em dia posso afirmar que "it can´t get better"! :)
    BJ

    PS: Eu nunca falo dakilo que não sei, nessas situações prefiro ouvir ou ler ;)

    ResponderEliminar
  11. Fada: olá fada! Gostei que tivesses participado. Eu vou colocar um comentário a desfazer algumas dúvidas.

    ResponderEliminar
  12. Nay: O mesmo que o anterior! Já vais entender!

    ResponderEliminar
  13. percebi que fugi um pouco ao cerne da questão, mas só quando acabei de escrever.... ah !! não tenhas medo do SIM !

    ResponderEliminar
  14. Esclarecimento: A julgar pelos comentários que aqui foram feitos, talvez a culpa seja minha, e de o for peço desde já desculpa, mas a questão não era saber as vantagens ou desvantagens do casamento! Essas estão muito bem presentes no meu pensamento ok?
    A questão é mesmo tentar perceber, pelas vossas experiências se acham que se deve passar por algumas coisas enquanto solteiros, antes de casar e se sim, quais?
    Para os casados, saber se sentem falta de algo que tinham em solteiros ou que não fizeram em solteiros e que eventualmente não consigam ou seja possivel fazer agora! Espero que desta vez tenha sido um pouco mais claro. Fiquei com a sensação que apenas leram a parte final do post..... :(

    ResponderEliminar
  15. Mais uma para os casados

    Creio que o que importa não é uma data (é importante para mim, ou nós, enquanto casal mas mais nada) mas sim o assumir um compromisso seja ele casamento, união, namoro ou outros. Quando se assume tal façanha deve sempre ter-se em conta, como primeira meta, a felicidade de todos. O que creio que "destrói" muitos compromissos é que, ao invés de se unirem e falarem dos seus problemas, os intervenientes encaram-se como "inimigos" e, em clima de hostilidades, lá se vão fazendo soar os canhões. Depois de costas viradas tudo o que podia ser bom passa a ser mau e tido como assunto a esquecer. A inteligência também passa por saber reconhecer o que é bom das experiências e, do menos bom, relembrar para futuras ocasiões. Quanto a mim fiz práticamente tudo o que sempre quiz depois de casada. Digo práticamente pq conheci o homem da minha vida em solteira, claro e a partir daí tem sido uma viagem fantástica (quase 17 anos). A principal "recomendação": falem, falem de tudo, dos receios, das felicidades, do que vos chateia, do que vos faz feliz, de sexo, de fantasias (ainda que pensem que sejam esquisitas), falem muito de tudo e sem receios.

    Haveria tanto para dizer mas creio que o mais importante está dito.

    Beijos rubros

    ResponderEliminar
  16. Caro Noivo, na minha opinião isso das experiências antes de se casar e depois de se estar casado é muito subjectivo...eu pessoalmente vivo o momento, não imponho etapas a mim mesma do que devo ou deixo de viver ou experimentar, quando sou confrontada com a situação logo vejo o que me apetece fazer..."carpem die", o importante é sentir-me bem comigo própria...

    Besitos para o Noivo

    ResponderEliminar
  17. Luna: adorei a tua contribuição...como sempre!

    ResponderEliminar
  18. Gonzo: o que eu acho é que até casar existe um pouco daquele sentimento: as minhas coisas. Posso até estar errado mas depois passará a ser sempre, constantemente as coisas dos dois! Dá para entender?

    ResponderEliminar
  19. noivo algo me diz que está com medo de casar hhihhihihihihi
    BEIJO

    ResponderEliminar
  20. Lolita: apenas pelo que disse em cima? Nada disso! É a constatação de um facto que todos sabemos. E quem decide casar já tem de saber que é mesmo assim. :)

    ResponderEliminar
  21. Sim dá para entender...mas acho que não devias pensar muito nisso...mas é claro q deves ter sempre o teu espaço pessoal que só a ti te diz respeito, há coisas q são só nossas e que não sentimos necessidade de compartilhar nem com a pessoa q mais amamos...mas quando há Amor...acho isso perfeitamente aceitavel e normal, mas...compartilhar TUDO TUDO TUDO... não concordo mto sinceramente, até acho q não seja muito saudável para a relação. Pois todos nós precisamos do nosso espaço, mas é claro q a partir do mento em q te casas é inevitável q tenhas q partilhar certas coisas se não tb não faria sentido o casamento...

    BOA SORTE ;)

    Um Besito muito grande para ti

    ResponderEliminar
  22. Eu sou solteira mas namoro com o Machine há ja bastante tempo.
    Tento realizar todas as minhas fantasias e felizmente sei que ele me acompanha nisso! Pela mesma razão, se um dia casarmos, sei que vou continuar a procurar borgas e experiências novas, sempre com ele ao meu lado como temos feito. Sabe tão bem descobrir coisas novas partilhando com a pessoa que amamos! Mesmo que isso envolva... outras pessoas. É uma das coisas boas da nossa relação. Nós não andamos a perder nada... andamos sim a viver tudo a dois. E o casamento, se algum dia vier, não vai mudar nada disso.
    Sei que pode parecer estranho este tipo de relação e partilha de que falo... mas connosco tem resultado. E eu sinto que tenho o melhor de 2 mundos... dos casados e dos solteiros.

    ResponderEliminar
  23. Gonzo: É esse o meu ponto de vista! Apenas penso se no futuro vou olhar para trás e vou achar que algo ficou por fazer ou experimentar entendes?

    ResponderEliminar
  24. Ninfa: Estranho? Cada um vive a sua vida de acordo com a sua vontade e os seus desejos. Quando elesão partilhados a dois, melhor ainda! Quem é que se julga no direito de te julgar? Eu não sou. Bem pelo contrário. Adoro a tua frontalidade!

    ResponderEliminar
  25. É natural q penses és humano...lolo

    ResponderEliminar
  26. Gonzo: claro que sim, o problema é que por vezes isso aos olhos de terceiros, transparece insegurança em relação ao casamento. Que engano!

    ResponderEliminar
  27. Caro Noivo,
    não me parece que o "casamento" seja algo que esta Diva pretenda. E acredite que nesta minha divina existência, pretendo várias coisas , também aviso, desde já, que sou uma Diva de poucas crenças, no entanto, tenho os meus valores...
    Venha a próximo questão!
    Bissous

    ResponderEliminar
  28. eu sou solteira,casar nem por isso, mas viver em pecado para sempre:),solteira ou "casada" é igual!na minha humilde opnião:)bom dia!

    ResponderEliminar
  29. Diva: todos nós temos de ter e manter os nossos valores. No entanto....a questão continua.....

    ResponderEliminar
  30. Mári len: Talvez a questão passe em explicar um pouco melhor essa noção de viver no pecado:)

    ResponderEliminar
  31. Hmmm...
    Mais uma questão em suspenso...
    Pelas minhas contas, já são duas na mesma semana...
    Diva, também, rima com mistério.
    Bissous

    ResponderEliminar
  32. Diva: Mas o mistério é sempre bom! As divas só o são quando se dão a conhecer ao mundo não achas?

    ResponderEliminar
  33. Hmmm...
    Sim, concordo, em parte.
    Diva, mistério, sedução...

    ResponderEliminar
  34. Diva: e em que parte não concordas?

    ResponderEliminar
  35. Noivo,
    na parte do "as divas só o são quando se dão a conhecer ao mundo".
    As Divas nascem Divas, o Mundo só usufrui da passagem delas neste planeta. Se não fossem as Divas (que existem, poucas, sob várias formas e estilos) a Humanidade iria sonhar com o quê?!

    ResponderEliminar
  36. Diva: tanta coisa com que sonhar....também não deves achar que as divas são tudo!

    ResponderEliminar
  37. Noivo,
    claro que não!!
    Existe a LV, a Dior, a YSL, a Gucci, a Cartier e muitos mais...Desculpe, mas não resisti.
    Bissous

    ResponderEliminar
  38. passa pelo nunca deixar de fazer o que realmente me da prazer! e só me juntar com alguem que partilhe dessa "ideia" comigo!bom dia!

    ResponderEliminar
  39. Diva: E eu a pensar que ias dizer o nome de mulheres jeitosas:)

    ResponderEliminar
  40. Mári len: mas não isso que todos queremos?

    ResponderEliminar
  41. Noivo,
    sou uma Diva e não o calendário da Pirelli...
    :P
    Bissous

    ResponderEliminar
  42. sabes que tambem eu pensava assim,mas vejo muitos que casam e se tornam abstemicos conformados!:)

    ResponderEliminar
  43. Diva: não sabes o que perdes! era bom de fosses:)! essas sim são divas!

    ResponderEliminar
  44. Mári len: mas não são esses os tais infelizes????

    ResponderEliminar
  45. Noivo,
    uma questão simples, se me permite, o que é para si uma Diva?

    ResponderEliminar
  46. Diva: com todo o gosto a esclareço: para mim será uma mulher bela, uma beldade, uma deusa. Poderá também ser uma mulher aclamada, a quem se reconhece o mérito da interpretação vocal. Calculo que se enquadre aqui...

    ResponderEliminar
  47. Noivo,
    lamento, mas está redondamente enganado no que diz respeito ao meu enquadramento...

    ResponderEliminar
  48. Diva: peço então desculpa pela minha gralha. Já vi que terá uma noção diferente de diva:)

    ResponderEliminar
  49. Noivo,
    desculpado.
    Apenas, partilhamos imaginários diferentes...Para mim uma Diva não tem de ser forçosamente uma mulher digna de um calendário Pirelli. A "nossa" Amália foi A Diva, desta nação, e que me lembre, nunca se publicitou nesse género de publicações, à luz da sua época...

    ResponderEliminar
  50. Diva: acho que não é assim tão diferente. É preciso ser humilde o suficiente para admitir que as meninas da "pirelli" são de facto beldades, são lindas, são famosas, e isso também se enquadra! Se me vens falar em nomes do passado, também haveria muitas outras em que na altura o seriam certamente!

    ResponderEliminar
  51. diz que sim....mas fazem tudo para que resulte!e aparecem sempre como familia feliz....eheheh!

    ResponderEliminar
  52. Noivo,
    mas quem lhe disse a si que não acho as meninas da Pirelli lindas?!, só não as considero umas Divas. De facto, nesta situação o nosso imaginário faz toda a diferença...

    ResponderEliminar
  53. Mári len: mais cedo ou mais tarde revelam-se:)

    ResponderEliminar
  54. Diva: respeito a sua opinião! Sou bastante tolerante;)

    ResponderEliminar
  55. Casada há 7 anos descobri o prazer do sexo com o meu marido. Não, não fui virgem para o casamento mas tive maus amantes antes dele. (Que desperdício de tempo... Se eu soubesse o que sei hoje!...)
    So há, até hoje, uma coisa que lamento não ter experimentado antes de me casar porque sei que dificilmente o farei agora e isso é o amor, o sexo, o corpo de outra mulher.
    Lamento a oportunidade perdida nos tempos de faculdade por falta de abertura de mente.
    Enfim... Não desisti ainda desta fantasia ainda mas há muitos 'ses' e muitas condicionantes para que ela acabe por se concretizar. Nunca faria nada que levasse a que o meu marido se sentisse desconfortável.

    Posto isto, parece-me que cada um deve experimentar aquilo que mais lhe apetecer antes de se casar ou depois porque tudo depende da abertura de mente das pessoas envolvidas e da noção de fidelidade conjugal de cada um. Para mim o que se fizer, antes ou depois, deve ser feito com respeito pelo parceiro/a e principalmente com honestidade para com ele/a.

    ResponderEliminar
  56. Sexhaler: depois deste comentário só me resta agradecer. A clareza das ideias, a frontalidade, a abertura e acima de tudo, a contribuição!
    Serás muito bem recebida no meu espaço.

    ResponderEliminar
  57. Eu como solteira que sou, acho q se deve fazer tudo aquilo que nos apetecer enquanto solteiros, ou seja, tudo o que nos der na real gana, com conta, pé e medida:)

    Ora então...Solteiros & solteiras de Portugal e arredores aproveitem tudo o que a "solteirice"(lol) tiver de bom para vos oferecer, para depois se vierem a casar não acabarem como divorciados, yup?!

    Enfim! Acho q o casamento já esteve mais no "topo" em tempos, mas ainda existem jovens e não só que pretendem e pensam casar, por isso para os que o casamento faz parte da lista de objectivos(que não é o meu caso) aproveitem cada etapa a 100%

    Kiiiiissss_ de uma solteira Feliz para um casado acho que feliz também ;)

    lol

    SIGAAAA*****

    ResponderEliminar