Site Meter

sábado, 27 de Janeiro de 2007

Volúpia...Provocação...

A visão das duas era de cortar a respiração a qualquer mortal e eu não seria a excepção. Naquele momento, só desejava ter as duas, ali, comigo, a tratarem de mim como sempre tinha imaginado e desejado. Aliás, nunca tinha estado tão perto de poder concretizá-lo e ainda assim tinha dificuldade em assimilar tudo aquilo. Não conseguia deixar de pensar em toda a situação, no que me levava a estar ali, naquele dia, naquela hora, naquele espaço, naquele momento….
Três dias atrás, havia recebido uma estranha sms. Era de um número desconhecido, que estava sempre desligado e sei-o porque várias foram as vezes que nesse dia e depois tentei ligar. Sempre desligado. Parecia que apenas se ligava para mandar mensagens, o que ainda tornava a coisa mais estranha. De qualquer forma, a mensagem dizia apenas: “Pensa num desejo sexual; pensa em algo que sempre quiseste; imagina-o a realizar-se."
Ora eu fiquei parvo a olhar para aquelas palavras, tentei perceber o porquê do que ali estava escrito, quem teria mandado algo assim ou mesmo qual seria o objectivo de tudo aquilo. Comecei a fazer raciocínios lógicos mas logo chegava à conclusão que de lógico não havia nada naquela mensagem. Se fosse a noiva, porque haveria de mandar de um número que não era o dela, quando poderia perfeitamente mandar através do seu? Se fosse uma brincadeira de alguém, quereria certamente obter retorno, no entanto não perguntava nada. Só poderia ser engano, até porque já não era a primeira vez que recebia mensagens e chamadas de outras pessoas, porque pelos vistos o meu número é parecido com outros. Sinceramente era a situação que melhor enquadrava para aquela mensagem. Havia sido um engano. No entanto, aquelas palavras mexeram comigo e durante aquele dia pensei nelas e no que diziam. “Pensa num desejo sexual”……. É comum pensar nisso. É mesmo normal. O que não era normal era estar a pensar nisso porque me haviam dito para o fazer, muito menos de alguém que não conhecia e que até pensava que tivesse sido por engano, mas lá estava eu a dar comigo a pensar nisso. Realmente pensei em várias fantasias que tenho. Naquelas que nunca realizei, em outras que apesar de ter realizado gostava de ver acontecer de forma diferente… enfim… “Imagina-o a realizar-se”… apesar de essa ser a parte mais agradável, era também a parte que mais me intrigava pois mesmo que aquilo não fosse um engano, porque haveriam de querer que o imaginasse se não sabiam o que imaginava e se não perguntavam como era? A verdade é que mais uma vez estava mesmo a imaginar determinada situação a acontecer. Aquilo lá se passou.
No dia seguinte, exactamente à hora que havia recebido a mensagem no dia anterior, chega outra, desta vez com o seguinte conteúdo: “Agora que já imaginas-te, agora que já desejas mais, pensa se gostarias de o realizar brevemente. Se a resposta for afirmativa, mandas uma sms a dizer sim para este número”. Foda-se… outra vez? pensava eu. Já não estava a achar muita piada a tudo aquilo. Tentei ligar imediatamente para o número mas mais uma vez já estava desligado. Era propositado e começava a ter certeza que não se tratava de um engano. Claro que todos gostariam de poder realizar as suas fantasias. Claro que me excitava a pensar nelas. Mas quem seria? Após alguma reflexão decidi mandar a tal resposta. “Sim” escrevi. Confesso que o meu objectivo nem era a resposta afirmativa. Estava mais interessado em saber de uma vez por todas se se trataria de um engano ou não, pois quem recebesse a mensagem poderia ver se o meu número era realmente o número correcto. Depois ocorreu-me que se alguém tivesse adicionado o número incorrecto (o meu) e colocado o nome associado de alguém que conhecia, nunca saberia se estava errado ou não, vai daí, acrescentei na resposta: “acho que é um engano e que as mensagens não eram para mim”. Desta forma, tinha a certeza que qualquer dúvida ficaria esclarecida.
Aquilo continuava a mexer comigo e já ia em grandes filmes a imaginar a minha fantasia a realizar-se e tal, como sempre pensei e tal, ainda por cima brevemente e tal, quando chega nova mensagem a dizer apenas: “Só é engano se não tiveres o diabo no corpo”. O diabo no corpo??? What’a fuck??? Pensava eu já bem fodido com tanta intriga e joguinhos de palavras… Estava bem claro que era alguém que me conhecia e bem! Sabia que tenho uma tatuagem, que geralmente está escondida. Por exclusão de partes só poderia ser alguém que já me tivesse visto de calções, nú ou a quem tivesse dito que a havia feito. Contas bem feitas, isso daria centenas de pessoas! A minha vida profissional faz com que tenha de usar calções várias vezes, poderia ser qualquer mulher com quem havia estado antes, enfim….por ai não iria longe. Lembrei-me ainda que a hipótese do engano se mantinha pois não sou a única pessoa que tenho uma tatuagem desse género. Era mais remota mas ainda assim mantinha-se. Mais uma resposta, desta vez não solicitada: “Como sei que sou eu a pessoa a quem queres mandar as mensagens?”. Desta vez não tinha jeito de a resposta não ser elucidativa. Acontece que ela não chegou! Eu estava fulo da vida! Só olhava para o telemóvel. E nada. Mau mau maria… estava a passar-me. Mas o caraças das ideias, das fantasias, permaneciam apesar de tudo aquilo e já andava a ter visões….já me imaginava nas mais diversas situações que um homem pode desejar. Era certo que se o objectivo era mexer comigo, tinham conseguido, em cheio! Tentei continuar nas minhas ocupações e lá consegui esquecer o assunto a espaços….
Recordava como que em flashes, à velocidade que só o cérebro humano consegue processar, todos esses acontecimentos que tinham ocorrido dias antes e que estiveram na origem daquele momento em que me encontrava….

58 comentários:

  1. adorei voltar a ler-te... é deliciosa a forma como escreves!!!

    um beijinho doce e uma suave arranhadela nas costas...

    miauuuuu....

    ResponderEliminar
  2. Agora que estava há espera do final acabas...
    Bom quem quer que seja tem de fazer o final da historia,assim fico a saber as tuas fantasias
    :))))))))
    Apreposito de tattoos nao serve uma tribal bem no fundo das costas?
    :))))))))))))
    Conta me o resto quero saber...



    beijo te

    ResponderEliminar
  3. Felina: e para mim é delicioso ter-te por cá sabias?

    ResponderEliminar
  4. Deusa: claro que serve uma tribal:) Simplesmente não é dessas que tenho:)

    ResponderEliminar
  5. Olá noivo!
    Ui ui!!!
    As Sms têm um poder infernal...
    Umas palavrinhas certas na hora exacta... e eis que o cérebro começa logo a trabalhar!!!
    Hummmmm.....

    Beijinho soprado

    ResponderEliminar
  6. Já escrevi e apaguei no mínimo três vezes... não sou nenhuma, santa, nem queria semelhante, mas digo-te que tenho dificuldade em comentar os teus textos que não me são indiferentes, exprimes o que sentes e o que pensas de forma tão precisa que ao ler-te quase se consegue visualizar o "filme".
    passei para te desejar uma boa semana
    Um beijo

    ResponderEliminar
  7. Noivo,
    só agora tive tempo para o vir ler.
    Bravo!!
    Como sempre acabou por dar a volta pelo caminho mais inesperado, um clássico seu :)

    Aproveito para lhe recordar que temos uma conversa para terminar.

    Lantejoula para si

    ResponderEliminar
  8. Bravo! Quanta eloquência e imaginação. Aguçada a curiosidade, vou passar a semana a espreitar as conclusões.
    H & K

    ResponderEliminar
  9. Ok.....ja sabemos como começou....e acomo acabou????
    Ai k tortura...~conta
    bjs

    ResponderEliminar
  10. Olha... E qual é mesmo o numero desses SMS? ;-)

    ResponderEliminar
  11. Maluca: sinceramente acho normal:)

    ResponderEliminar
  12. Bia: não me deixes embaraçado.....

    ResponderEliminar
  13. Liss: serás sempre bem vinda:)

    ResponderEliminar
  14. Gaja boa 2: aceito previsões:)

    ResponderEliminar
  15. Zuko: não faças perguntas difíceis;)

    ResponderEliminar
  16. Meu doce Noivo
    Deixaste me mesmo babada!!!
    E sem jeito!!!
    obrg pelo carinho.
    Bom a tribal posso te enprestar so tem um senão ...
    Vou ter que ir ela nao sai sem mim
    :))))))))))

    ResponderEliminar
  17. Deusa: isso são dois em um;) melhor ainda:)

    ResponderEliminar
  18. Bem, a forma como escreves cativa a atenção de qualquer um.
    E quando pensamos que iriamos lêr o final da história...tu dás a volta de uma forma inesperada e deixas-me ainda mais curiosa.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  19. mmmm... adorei a provocação

    mas algo me diz que há muito mais...

    beijo rubro

    ResponderEliminar
  20. Aguardo para ler o que virá aseguir... Hummm...

    Uma boa semana Noivo.

    Um beijo e um :)

    ResponderEliminar
  21. Eu também recebi um SMS. Dizia que tinha dois dias para carregar o telemóvel e era da TMN...
    Bem que procurei um igual ao teu, mas... népias!!!!
    A verdade é que li a história até ao fim, calculo o "estado" em que ficaste, depois de todas aquelas dúvidas, e aquelas mensagens a chegar... enfim, calculo que não esteja a ser pera doce aguentar a coisa!...
    Agora, é só esperar pela continuação, porque "isto" está a precisar de um pouco de acção, não???...

    ResponderEliminar
  22. Ui Ui !!!
    Adoro isso é uma provocaçao????
    É que eu se sou provocada...
    Sou um perigo
    :)))))))


    beijo te

    ResponderEliminar
  23. Eia c'um caneco... :-D
    Isso é de pôr um gajo maluco mesmo, imagino. Mas só pode ser a Noiva, pá, precisamente para te pôr assim ;-) Um cartão de telemóvel compra-se com a maior das facilidades e é por isso que de resto estava desligado ;-)
    Gostei do texto!

    ResponderEliminar
  24. Girl: obrigado pelas tuas palavras! bem vinda. E onde posso ler-te?

    ResponderEliminar
  25. Amaral: será por o número ser da vodafone?:)

    ResponderEliminar
  26. Sim noivo, acho mesmo. Loucamente interessante!

    ResponderEliminar
  27. Lindona: então fico contente! significa que posso ver-te por aqui mais vezes certo?:) beijos

    ResponderEliminar
  28. Eh pá, isto dava uma boa história para o Fellini. O meu telemóvel não funciona assim, mas o que é preciso é ter esperança. Lá virá o dia em que tudo vai correr melhor. Um gajo se tiver uma tatuagem é logo reconhecido. Isso pode causar problemas na noiva.

    eheheheheh

    www.lusoprosecontras.blogspot.com

    ResponderEliminar
  29. assim sim :)
    Não fui eu que tas enviei, embora o costume fazer....aguardo curiosamente o desenrolar...pelo que percebi eram duas...o eterno fetiche masculino...
    beijo te

    ResponderEliminar
  30. Zeca: bem vindo! depende do tipo e da localização das mesmas:)

    ResponderEliminar
  31. Justine: pois não, não foste tu:)
    quanto ás duas, um homem não controla essas coisas...:)

    ResponderEliminar
  32. Aposto que não conseguias pensar em mais nada!
    Eu fico ansiosa pelo fim da história!
    Beijo

    ResponderEliminar
  33. Sexhaler: O tempo não tem sido muito infelizmente....

    ResponderEliminar
  34. huh?!?! nao percebi nada do que disseste... nao podes passar por mim?

    ResponderEliminar
  35. Aenima: exacto. a julgar pelo que dizes sobre os signos:)

    ResponderEliminar
  36. As gajas são lixadas...cá para mim era a noiva camuflada.
    beijocas

    ResponderEliminar
  37. João Castro Lopes30 Janeiro, 2007 18:45

    Finalmente é posssivel deixar a minha opinião sem que seja necessário fazer parte dos blogs.
    Já o visito quase desde que apareceu, e apesar de não ser costume comentar os blogs que visito, desta vez, decidi deixar aqui as minhas considerações, espero que me permita as mesmas.
    Tenho a certeza que o que escreve, tem servido para alimentar as fantasias de quase todos aqueles que o visitam e comentam. Digo-o porque acompanho os comentários e sei também os efeitos que a sua escrita têm em quem os lê.
    Não é meu objectivo promovê-lo no entanto tenho de dizer-lhe que a sua escrita destingue-se de quase tudo o que tenho lido, mesmo em termos de conhecidos autores, pelo que não deveria deixar de ponderar a possibilidade de editar uma obra sua. É a minha modesta opinião. Saudações e parabéns.

    ResponderEliminar
  38. João: tenho dificuldades em responder...
    Claro que não fico indiferente ao que disseste mas dizer para publicar...isso fica reservado ara quem realmente tem queda para a coisa e tem efectivamente qualidade para isso.
    De qualquer forma, este espaço é de todos e gosto que todos cá venham se gostam de me ler. Muito obrigado pelas tuas palavras.

    ResponderEliminar
  39. Francamente, tudo em «Loveslaves» é verdade.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  40. Loveslaves: eu sei....mas era bom demais:)

    ResponderEliminar
  41. Amigo é como uma flor,
    frágil em beleza, mas forte nas tempestades.
    Amigo é como uma coruja, bonita e sábia.
    É um ghost, cujo espírito nunca morre.
    Amigo é como aquelas lâminas da grama
    que você pode nunca ver, mas está ali,
    em linha reta, alto e orgulhoso em uma
    fileira quase perfeita.
    Amigo é como um coração
    que bate mesmo descompassadamente,
    e nos vigia, nos cuida, nos ama.
    Que seriamos neste mundo se
    não tivéssemos um Amigo. Beijosssssssss...

    ResponderEliminar
  42. Rafaela: adorei as tuas palavras!

    ResponderEliminar
  43. Hum... E onde fica essa tatuagem??
    (Vês como sou cusca?)
    beijões

    ResponderEliminar
  44. Gaja boa 1: lê bem....vais ver que descobres;)

    ResponderEliminar
  45. Ju: isso já vai depender se és homem ou mulher:) o teu perfil diz uma coisa, o teu texto outra:)

    ResponderEliminar
  46. Ai, tu não me digas que é no cagueiro???

    onde anda o baixo-assinado pa mostrares novamente o dito???

    kisses

    ResponderEliminar
  47. Gaja boa 1: não!!! Na pernoca:)

    ResponderEliminar