Site Meter

sábado, 28 de abril de 2007

Intimidades

Intimidade!
Palavra que desperta os sentidos!
Substantivo que traduz profundidade!
Algo que se sente, se vive, se deseja, se quer!
Aspecto que pode ir desde o superficial até ao mais fundo dos seres!
Onde as pessoas se perdem de sentimentos, vontades, partilha e cumplicidade!
Quando as mãos se tocam, os corpos se mexem, as respirações ficam sôfregas e os sentidos se apuram!
Sempre que as bebidas brindam, as luzes envolvem, os olhares penetram, os sussurros fervilham e os gestos insinuam!
Nas noites frias, nas temperadas, nas mais quentes, com alguma roupa, com pouca roupa, quase sem roupa ou mesmo na ausência dela!Sempre que se quer, sempre que se pode, sempre que apetece, sempre que se convida, sempre que somos convidados, sempre que o corpo quer e a alma ordena!
Para ficar relaxado, para alegrar, para divertir, para conviver, para partilhar, para desinibir, para abrir horizontes, para loucuras, tentações ou refrescar ideias....!
Ainda se lembram da palavra?
INTIMIDADE!!!
Ok......só falta uma coisa......juntem-lhe um simples "S"!
INTIMIDADES!!!
Tudo isto existe, tudo isto é real, tudo isto se quer, tudo isto é onde os adultos são mais livres!

terça-feira, 24 de abril de 2007

Quarto escuro

Já à algum tempo que andava para escrever um post acerca disto...
Fascina-me o escuro.
A ausência de luz, ou a intensidade muito reduzida da mesma, faz com que me liberte.
Desde que me conheço, nunca precisei de dormir com uma luz acesa e talvez seja por isso que a minha relação com a penumbra é extremamente pacífica. Até aqui nada de mais, pensarão vocês e muito bem. Acontece que no escuro me liberto um pouco da minha timidez, consigo ser mais eu. Consigo no meio das sombras e das silhuetas, olhar nos olhos sem receio que o meu olhar me atraiçoe, deixar que o que não se vê seja "visto de outra forma".
Quem não brincou em criança ao famoso "quarto escuro"? Sim, esse mesmo! O jogo que todos queríamos jogar. Aquele em que podíamos tocar em alguém sem que essa pessoa soubesse quem éramos, e quantas e quantas vezes não abusávamos um bocadito? Inocência dirão alguns....descoberta dirão outros....prazer arrisco eu....
Porque será que alguns homens e mulheres preferem ter sexo com a luz apagada? Por vezes a falta de à vontade com os seus próprios corpos, outras vezes porque não querem que vejam as expressões que fazem no acto ou ainda porque sentem que se não os tiverem a ver, se soltarão bem mais nos seus actos. Qualquer uma delas pode ser válida. Qualquer justificação se aceita. Mas para mim a questão passa mesmo por esta última.....ficar mais livre, mais solto, mais ousado e libertino!
Claro está que o resultado prático em situações muito especificas é uma enorme tesão, as situações a acontecerem de forma mais simples, desenvoltas, onde se fala tudo o que no momento apetece, onde quase tudo se faz sem vergonhas ou inibições, onde os gestos e toques são a linguagem eleita, onde os sons adquirem um valor transcendental, alimentando a excitação, a libido e prazer!
Ai o quarto escuro........

terça-feira, 17 de abril de 2007

Lua de mel










O prometido é devido!
A pedido de várias famílias tinha mesmo de fazer este post!
Apenas posso dizer que não poderia haver melhor resort para umas férias que se pretendiam tórridas, para autênticos pombinhos recém casados e "last but not the least", que se amam!
Só de me lembrar já fico maluco mas analisem por vocês ok?
Beijos e abraços!

quarta-feira, 11 de abril de 2007

O tesão anda no ar

Caros amigos, é mesmo verdade! Bendito casamento! Não sei se se pode generalizar mas a verdade é que desde o famoso "SIM", a ex-noiva, agora mais conhecida por esposa do Noivo:) confuso? Não é nada...eheheh, bem a verdade é que anda on-fire!
E fazendo assim um resumo muito resumido, foi uma lua de mel em grande, tem sido uma vida de casados que ainda não se nota (explico mais tarde), mas que está a ter as hormonas à flor da pele, e ainda vem aí um fim de semana que promete e muito:)
A capital que se cuide, o espaço onde vamos vai ser pequeno para albergar tanto tesão junto e alguns de vocês certamentente saberão do que estou a falar:)
Portanto, o autor deste blog e sua respectiva esposa (tou a gostar desta palavra:) ) vão estar certamente lado a lado com outros autores e autoras de blogs, sem que saibam quem são....lol

segunda-feira, 9 de abril de 2007

De volta....

Caros leitores, caros amigos, caros companheiros de blog, estou em dívida para vocês....
Sinto falta de escrever, sinto falta dos vossos comentários, sinto falta de dedicar mais tempo a algo que gosto mas tem sido mesmo impossível! Preparativos, casamento, lua de mel, casa nova, mudanças, etc....acreditem que não tá fácil.
De qualquer forma, cá estou de novo, num estado civil diferente, mas com a mesma vontade de ser quem era e quem sou, ok?
Ahhh e decidi mesmo continuar a ser o Noivo!
Acho que já não saberia ser algo diferente aqui na blogosfera!