Site Meter

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Resultados do estudo feminino da UTESAO!

Finalmente e com atraso, é chegada a hora mais aguardada pelas meninas, principalmente aquelas que de uma forma heróica contribuíram para este estudo da UTESAO!Aproveito também para lamentar a falta de adesão dos meninos, talvez por manifesta dificuldade em escolher 3, em 3 milhões de experiências marcantes......
E sem mais demoras, passo a apresentar os resultados:

1ª - 80% das inquiridas, consideram que as experiências sexuais mais marcantes pela positiva que já realizaram, foram concretizadas com outro homem que não o actual;
2ª - 55% dos casos foram realizadas a dois, 25% em trio e 20% em grupo(a totalidade a 4);
3ª - Relativamente aos locais, 35% elegeu a casa, 25% o carro, 15% um lugar público, 15% ao ar livre e 10% optou por outros locais(como por exemplo um clube swinger ou num w.c.)
4ª - No que à iniciativa diz respeito, 40% afirma ter sido de sua iniciativa, 35% dos respectivos parceiros, 15% de ambos e 10% de outros;
5ª - Quanto ao impacto das experiências, 35% foram fantasiadas, 25% combinadas, 25% inesperadas e 15% apenas foram novidade;
6ª - No que concerne às palavras chave, 60% destacou tesão, 15% loucura, 10% amor, 10% swing e 5% as mais variadas palavras(como por exemplo orgasmo, voyeur, desejo, etc).

Como não poderia deixar de ser, vamos às conclusões:
1ª - É por demais evidente que as meninas na hora de escolher maridos/companheiros/etc, não valorizam a questão sexual. Traduzindo por "miúdos", na hora das melhores recordações são os ex's ou amantes que ocupam o primeiro lugar! (Sugestão: repitam a experiência com o actual!)
2ª - Apesar de ser a esmagadora maioria, talvez fosse de esperar uma maior percentagem de "menina e menino" pelo que isto poderá indicar que o "sexo convencional" tende a não figurar no topo das experiências mais marcantes. As meninas estão mais emancipadas e isso reflecte-se nas suas vivências sexuais. (Sugestão: não tenham tabus!)
3ª - Decididamente o conforto da cama já não cativa como antigamente! O carro é a vossa segunda casa, os locais arriscados cativam e o contacto com a natureza é sempre muito saudável! Traduzindo, cada vez mais é feito, onde tiver de ser sem olhar ao local! Estão de parabéns! (Sugestão: ainda existem tantos por experimentar.....)
4ª - Ora aqui está outra agradável surpresa! As meninas já tomam mais vezes as rédeas da situação e não estão à espera que o príncipe encantado as venha buscar no seu cavalo alado e as leve ao paraíso. Nada como se assumir o que se deseja! (Sugestão: Surpreendam cada vez mais!)
5ª - É quase uma consequência do ponto anterior! A iniciativa leva à concretização das fantasias e não existe nada melhor do que realizar as fantasias de cada um! Curioso porém é o facto de apenas uma minoria ter sido novidade! Quererá dizer que experiências idênticas anteriores não foram tão gratificantes? (Sugestão: procurem elevar a intensidade de cada experiência de forma a não terem como limites as anteriores!)
6ª - Decididamente as mulheres estão cada vez mais tesudas! Bravo! Muito bem! Além disso gostam também de loucuras e é caso para perguntar: "quem não gosta?". Curiosamente o amor surge lado a lado com o swing o que eventualmente quererá dizer que o usual (amor) nem sempre é o mais marcante quando se tem de realçar uma experiencia marcante pela positiva. (Sugestão: nunca deixem de ter, dar e procurar tesão! É a especiaria da vida!)

A UTESAO agradece a todas aquelas que ousaram ser mais contributivas neste estudo, possibilitando assim que todas as mulheres possam ter uma idéia mais abrangente da realidade :)
Isto sim, é o verdadeiro serviço público! :)

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

HOMENS! A UTESAO precisa da vossa participação!

É chegada a hora do sexo forte! (não vale reclamar) :)
Mais uma vez, passo a explicar o que se solicita:
- Recordem as 3 experiências sexuais mais marcantes pela positiva que já tiveram;
- Relativamente a cada uma dessas, classifiquem-nas quanto a:
Se foi com a actual companheira/com outra;
Quanto ao número: a dois/trio/grupo(especificar);
Quanto ao local: casa/carro/ar livre/local público/outro(neste caso especificar);
Quanto à iniciativa: se foi tua/dela/vossa/de outros/outros casos, por favor especificar;
Quanto ao impacto: se foi novidade/inesperado/fantasiado/combinado;
Palavra chave: uma palavra que sirva de ilustração a essa experiência.

Classificação das 3 por ordem(em que 1 será a mais marcante)
Caso ilustrativo:
Classificação- 1ª
Número- a dois
Local- carro, num local público
Iniciativa- dele
Impacto- combinado
Palavra chave- tesão

Penso que deu para entender.
Vá lá meninos! Elas contribuíram em peso! Não quero baldas!!!
Por questões de confidencialidade, agradeço o envio para o mail do blog ( thenoivo@gmail.com ).
Agradeço desde já as vossas respostas!
P.s.- Meninas, tragam cá também os vossos mais que tudo, amantes, amigo, quem quiserem mas tragam!

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

UTESAO precisa da vossa participação!

Pois muito bem!
É chegada a hora de solicitar a ajuda das minhas caras leitoras, visitantes e todas aquelas que sejam do sexo feminino. :)
A UTESAO, para os mais distraídos, Universidade das Teorias Especiais Sobre Assuntos Orgasmicos, está a realizar um estudo e vem por este meio, solicitar às digníssimas meninas, senhoras e afins que participem activamente, contribuindo assim para conclusões que se pretendem elucidativas. Assim, passo a explicar o que se solicita:
- Recordem as 3 experiências sexuais mais marcantes pela positiva que já tiveram;
- Relativamente a cada uma dessas, classifiquem-nas quanto a:
Se foi com o actual companheiro/com outro;
Quanto ao número: a dois/trio/grupo(especificar);
Quanto ao local: casa/carro/ar livre/local público/outro(neste caso especificar);
Quanto à iniciativa: se foi tua/dele/vossa/de outros/outros casos, por favor especificar;
Quanto ao impacto: se foi novidade/inesperado/fantasiado/combinado;
Palavra chave: uma palavra que sirva de ilustração a essa experiencia.

Classificação das 3 por ordem(em que 1 será a mais marcante)
Caso ilustrativo:
Classificação- 1ª
Número- a dois
Local- carro, num local público
Iniciativa- dele
Impacto- combinado
Palavra chave- tesão

Penso que deu para entender. Solicito a participação massiva de forma a que os resultados possa ser o mais fiáveis possiveis. Tragam aqui as vossas amigas, irmãs e até as mães se for preciso mas colaborem!
Por questões de confidêncialidade, agradeço o envio para o mail do blog ( thenoivo@gmail.com ).
Meninas, vou estar atento a quem se quer baldar!!!
Agradeço desde já as vossas respostas!

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Glamour

Fantasias existem às toneladas. Todos temos, todos pelo menos já tivemos e a maioria continuará a ter.
Por vezes damos por nós a imaginar determinada situação, a sua envolvência, os pormenores e requintes. Umas são mais frequentes, outras mais esporádicas, podem surgir dependendo do local ou da altura mas quase sempre têm o condão de nos deixar como se diz por estas bandas “power on”!
Também acredito que todos temos um pouco “de voyeur”. Mexe connosco ver alguém nos amassos, passar num local qualquer e ver um casal com “cara de caso” ou mesmo em plena actividade. Seja num carro, num local mais escuro, através de uma varanda ou janela. Uns são capazes de desviar o olhar, outros quando são confrontados com o olhar de quem está “no bem bom” param de ver e haverá também quem é capaz de ficar mesmo ali a ver tudinho, quem sabe até à espera de um gesto qualquer que signifique “juntem-se”.
Imaginar uma orgia penso que já todos o fizeram. Estar perante uma, certamente aconteceu a muitos menos, dar de caras com elas frequentemente para alguns seria o auge.Ter sexo na praia não tem nada de transcendente nos dias de hoje. Só ainda não o fez quem não quis. Mas acredito que ainda assim mexa com a libido de muita gente. Estar na praia e como se de repente quase toda a gente à vossa volta começa a fazê-lo, claramente é algo digno dos filmes eróticos mais quentes.Festas da espuma ao ar livre, com corpos fantásticos, calor e excelente música quem não gostaria de ter? E se fossem daquelas em que qualquer coisa pode acontecer? Ahhh isso seria o auge!
Ir tomar um copo a um qualquer bar à noite, junto à praia e no verão, por si só já é agradável e a pouca roupa torna o ambiente bem mais apetecível. Mini saias, top’s, decotes, vestidos finos e quase transparentes, etc.. são comuns e sexy’s. O que diriam então se as mini saias fossem cintos, os decotes fossem a perder de vista, os vestidos pequenos pedaços de pano e em muitos casos sem a função de esconder o que existe por baixo? Era a loucura? Pois…
E se depois desse tal copo e já numa discoteca, esse mesmo ambiente fosse apimentado por corpos ultra sensuais e dançantes, atitudes luxuriantes e sedução permanente?Se a música se entranhasse no mais ínfimo pedaço dos nossos corpos, se fosse da melhor qualidade e ainda colocasse toda a gente a mexer?
Se as sensações da ordem fossem tesão, excitação, dureza, humidade e uma imensa vontade de foder, isso seria “impulse”? Não. Não! Não!!!
Seria CAP! Seria Le GLAMOUR! Seria o que realmente Foi!!!
P.s- fotos reais!

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Caraíbas

Gostava de partilhar um pouco com vocês, o meu fascínio relativo a esta parte do globo.
Adoro algumas coisas simples e básicas. Sol, calor e água quente fazem a minha alegria. Ao ponto de por vezes achar que uma cabana, boa praia e diversão seria o auge. Talvez por isso seja já a terceira vez que visito as Caraíbas.
Tenho tido a felicidade de visitar sempre diferentes países e desta vez a Républica foi o destino escolhido. Praias de postal, água que parece caldo, animais exóticos, passeios de tirar a respiração ao comum dos mortais, um resort do melhor, animação sempre a bombar e acima de tudo, a melhor companhia possível para desfrutar de umas férias de sonho.
Não poderia desejar mais. Melhor só mesmo se ficasse mais tempo!
Na recordação ficam longas conversas a dois à luz do luar, tardes dentro de água a beber pina colada com vitamina (rum), noites loucas ao som de reggaeton, salsa, merengue e bachata e como não podia deixar de ser, muita brincadeira a dois.
Mais uma vez, fica a esperança de um dia poder voltar. A parte pior é mesmo ter de regressar mas encaro isso como um bom sinal.
Evidentemente que houve tempo para dar uso ao meu brinquedo novo, que permite que me sinta o melhor fotografo das Caraíbas e arredores.... mas isso, avaliem por vocês :)P.s. - As paisagens já todos sabem como são :)

terça-feira, 19 de agosto de 2008

After the good life

Lady's and gentleman's, leitoras e leitores, meninas e meninos (acima dos 18!), o que é bom normalmente acaba rápido, e o que é muito bom, passa ainda mais depressa.
Mas neste caso concreto deixa memórias fantásticas, momentos inesquecíveis e muito por partilhar.Para já, deixo 3 músicas que decididamente marcaram as férias de 2008. O resto virá muito brevemente ;)

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Estou mas já vou!

Pois é! Não pensem que só vocês é que têm direitinho a férias!
Desta vez está a ser chegar e andar. E como tal, 3 dias para desfazer e refazer as malitas pois aqui o noivo e companhia, dia 8 parte novamente. :)
Mas não podia partir sem vos deixar com inveja do local de onde cheguei... :P

sábado, 26 de julho de 2008

Abstinência

De que forma encaram a abstinência? Com desdém ou com admiração? Como heróis ou como desafortunados?
E que efeito provoca? Paz de corpo e mente ou mau feitio e inquietação permanente?É algo provocado ou algo imprevisível?
Ao fim de algum tempo já não custa tanto ou cada dia que passa fica mais difícil de aguentar?Poderá dizer-se que a masturbação faz com que não exista abstinência ou a abstinência deve ser vista simplesmente do ponto de vista da relação sexual?Será como fazer dieta? Um mal para atingir uma satisfação posterior mais elevada?
Será um jejum provocado por alguém?Purificação da alma e do corpo?
Para uns uma vida, para outros uns anos, meses, semanas, dias ou horas mas o que é realmente a abstinência?

terça-feira, 22 de julho de 2008

Enjoy the silence

O valor do silêncio é algo que quando estamos para aí virados, dá pano para mangas.
Seja por manifesta falta de vontade em comunicar, seja uma forma de punição ou mesmo porque se acha que mais vale não falar do que estar sempre a dizer o mesmo, a verdade é que poucas coisas nos fazem pensar tanto quanto o silêncio.Penso que isto acontece devido à tentativa que fazemos para o entender. Ao silêncio, pois claro. Confuso? Reparem....
Se alguém que costumámos ler, se remete ao silêncio, o que ficámos a pensar? As respostas serão as mais variadas mas são o que menos interessa porque simplesmente pensámos algo.
Se alguém com quem costumámos conversar e falar das mais diversas coisas, deixa de o fazer, remetendo-se ao silêncio, certamente que começámos a pensar porque o estará a fazer. Umas vezes não sabemos porquê, outras sabemos e pensámos nisso mas a verdade é que mais uma vez, matutámos na questão.
Outras alturas haverá em que nós próprios nos remetemos ao silêncio porque sabemos que tal postura levará alguém a pensar. Poderá também ser porque concluímos que até ali o máximo que conseguimos fazer ao falar foi contribuir para a poluição sonora e como tal, mais vale ser ecologista. Ainda assim, pomos os outros a pensar, ficámos nós a pensar ou ambas.
Tudo isto é muito confuso para uns, realmente fácil para outros, meio termo para a maioria talvez, mas a verdade é que o valor do silêncio, na minha perspectiva é permitir pensar. E como o pensamento costuma ser melhor com ausência de barulho.... isto dá que pensar....em silêncio!

segunda-feira, 28 de abril de 2008

A festa...

Sabem quando imaginámos o melhor dos cenários e raramente isso se concretiza?
Quando as expectativas são colocadas muito altas e depois surge a desilusão?
Ou quando não se acredita que algo possa surpreender e mesmo que surpreenda, nunca tem o devido impacto?
Quem ficou indiferente ao famoso filme de Stanley Kubrick, Eyes Wide Shut? Eu não certamente.
Agora imaginem o que é saber que se propunham a realizar uma festa em que o tema seria precisamente "Eyes Wide Shut"!!!
Curiosidade, expectativa, relutância ou mesmo cepticismo começaram a coexistir nos meus (nossos) pensamentos, confesso.
O facto de ser organizada por quem era e atendendo a que nos habituaram ao melhor, tal como também podem verificar por aqui, ainda colocava a fasquia mais elevada.
Os pormenores da realização estavam a ser preparados com rigor e detalhe, começando pela obrigatoriedade de obedecer a um dress code, passando pela obrigatoriedade das máscaras até uma determinada hora e terminado nas surpresas anunciadas mas não reveladas.....
Com tudo o que estava a envolver a realização da festa, só tínhamos uma pensamento: "Temos de lá estar!" E estivemos mesmo!
Mas não ficou por aqui...

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Sabiam???

Este blog só existe porque vivemos numa democracia!
Sou livre de escrever e de dizer o que quero graças ao 25 de Abril de 74!
E isso é algo que, apesar de não ter vivido, dou o devido valor!
E já agora.......
SABEM PORQUE ESTE SENHOR, ANDAVA SEMPRE COM AS MÃOS NO BOLSO????NÃO????
PARA MANTER A DITA(-)DURA!!!! :)

terça-feira, 22 de abril de 2008

Restam 3!

Bem sei que ando ausente. bem sei que nem tenho visitado quem gosto e merece.
Mas analisem e vejam pelas imagens se tempo é coisa que abunda cá pelo norte :)

Restam 3 pestinhas terem dono destinado.

Dois machos e uma fêmea.
Infelizmente estão quase na idade de irem para novos donos que tenho a certeza serão tão atenciosos quanto os actuais ;)

quinta-feira, 10 de abril de 2008

A vocês:

Olá a todos! Olá a todas!
Espero que se encontrem todos bem de saúde, que o dinheirinho chegue e que o vosso tesão não seja órfão de acção! :)
Por estes lados, o noivo tem andado algo ocupado entre actividades laborais, actividades domésticas variadas (nas quais se incluem ser baby-sitter de 10 pestinhas negras e fazer sopa), não deixando ainda de lado a bricolage, mais especificamente nos arrumos cá do sítio, um género de santuário onde os homens gostam de ter as suas ferramentas, parafusos e porcas :).Claro está que isso não tem possibilitado a atenção devida às lides blogueiras mas cá estou eu para dar noticias, para dizer a todos que sem vocês não seria nada(fica sempre bem dizer estas coisas) e que para o demonstrar até coloquei no canto mais ou menos superior direito do blog, uns contactos para que os ilustres visitantes que pretendam esclarecer dúvidas, que poderão variar desde o que vestir à noite de forma a que todos olhem pra vocês na rua, até às questões mais complexas, do género da revista maria, onde uma que me ocorre neste preciso momento é: "O meu marido nunca me proporciona um orgasmo. No entanto eu dou-lhe a ele. Será normal?" ao que responderia prontamente: "Cara leitora, é obvio que o seu marido está entre os melhores amantes do mundo! Preocupa-se tanto consigo que está disposto a proporcionar-lhe sexo tântrico pelo maior tempo possível! Já imaginou o orgasmo super, hiper, mega intenso que terá quando ele finalmente lho proporcionar? Está mais que visto que só pensa no seu prazer, embora à primeira vista, possa parecer o contrário! Nunca se esqueça de lhe agradar pois um homem assim dedicado é raro!"

segunda-feira, 7 de abril de 2008

A peste negra anda por estes lados....

Poucas coisas crescem assim tão rápido mas ainda assim existem algumas:)
O primeiro sol, num género de "vamos pra fora cá dentro" :)

sábado, 5 de abril de 2008

Super mulheres

Algo que considero intrigante e que facilmente reparo na blogosfera, é o facto de existirem muitos e excelentes textos de mulheres. Carregados de sentimento, de erotismo, de sensualidade e tesão, esses mesmos textos são uma delicia de ler, estimulantes quanto baste, por vezes com efeitos secundários (ou primários?) bem fortes e ainda reveladores. Sim? E daí? Estarão porventura a perguntarem e muito bem. E só falo nas mulheres e não em homens, simplesmente porque a quantidade na temática é sem dúvida bem menor.Pois muito bem, alguém é capaz de me dizer porque os textos são todos ou quase todos cor de rosa, quando se trata de abordar os comportamentos/vivências num casal? Porque será que é relativamente vulgar dizer-se que os homens são todos/quase todos iguais, que só pensam nisto e naquilo, etc, etc... mas não vejo mulheres a dizerem algo do género: "sei que falho nisto e naquilo, nem sempre sou como devia, tenho defeitos, etc, etc..."?É que acaba sempre por passar uma ideia que as mulheres são perfeitas ou quase, em oposição aos homens, e eu entendo que nem sempre é assim. Se é certo que os homens falham e têm falhas, também não é menos verdade que o contrário também acontece. Mas porque raio ninguém fala nisso? Acreditem que não fica nada mal. Acreditem que liberta. Acreditem que ser perfeito só está ao alcance dos conscientes das imperfeições!

terça-feira, 1 de abril de 2008

Mitos acerca dos homens

Pensavam mesmo que se iam livrar de mim? Vai ser necessário bem mais que o 1º de Abril :)
Esclarecida a questão, aqui estou eu para, não só fazer mostra da minha continuidade mas acima de tudo, defender um ser tantas vezes incompreendido e injustiçado: o HOMEM!
Dizem as mulheres:
Ah e tal.... vocês só sabem pensar em sexo....
Ah e tal.... vocês só pensam com a cabeça de baixo....
Ah e tal.... vocês não conseguem ser fiéis....
Ah e tal.... vocês não conversam....Pois muito bem, segundo uma análise encomendada pelo Noivo à UTESAO (Universidade das Teorias Especiais Sobre Assuntos Orgasmicos) as conclusões são esclarecedoras! Senão reparem:
- Os homens sabem pensar em outras coisas além do sexo. Basta verificar a quantidade de estratégias e planos que são capazes de elaborar de forma a obtê-lo!
- Os homens não pensam com a cabeça de baixo. A investigação científica comprovou que nenhuma cabeça pensadora no seu perfeito estado mental, opta por infligir a si própria maus tratos e portanto, se fosse uma cabeça pensadora não andaria por aí a bater com a cabeça em becos escuros e a causar traumatismos cranianos!
- Os homens sabem ser fiéis e curiosamente mais que as mulheres. A comprová-lo está o facto de jamais mudarem de partido politico, de barbeiro e de clube ao longo de toda a sua vida.
- Os homens conversam e até mais que as mulheres. São capazes de conversar dias a fio acerca do penalty que o árbitro não assinalou num determinado jogo, da potência dos seus bólides bem como do binário, da mesma forma que a sua disponibilidade para conversar acerca da boazuda da colega de trabalho é inesgotável!Felizmente para os homens, recorrendo a este estudo, é agora possível provar que as mulheres ao longo dos tempos têm sido injustas nas suas criticas.Mas para que não restem quaisquer dúvidas, ainda reforço com mais uma prova empírica e irrefutável:
Toda a gente sabe que quando o fluxo sanguíneo no cérebro é reduzido, a capacidade de raciocínio, de clareza e de distinguir o correcto do errado fica seriamente afectada. Ora também toda a gente sabe, inclusive as mulheres, que para existir erecção, uma enorme quantidade de sangue tem de se alojar no pénis, deixando assim a mente temporariamente vulnerável.Fica assim demonstrado que essas acusações vindas das mulheres, não passam de mitos urbanos.
Valha-nos a UTESAO!

Adeus

Pois é! algum dia teria de ser e por isso este blog encerra hoje. A todos muito obrigado pelas visitas, pelos comentários, pelas sugestões e pelo carinho! Adeus!

sexta-feira, 28 de março de 2008

Vai ser um 31!!!

Faço questão de vos mostrar a minha prenda, devidamente acompanhada pela musiquinha de parabéns ;)Vá......não vale ficar com inveja ;)

segunda-feira, 24 de março de 2008

Reduzido

O mais comum, é associarmos o termo "reduzido" a algo menor, menos importante ou valioso.
Mas acreditam que nem sempre é assim?
Deixem-me falar-vos de algo reduzido e depois tirem as vossas conclusões....
A hora andava perto das 03:30. A vontade era imensa, inflamada por toques, beijos e contacto mais óbvio. O local iluminado por uma lua fantástica, reflectida na água, dando-lhe um brilho lindíssimo. A presença de algumas viaturas só tornava a situação mais ousada, mais cúmplice e desejada.
O nosso espaço, esse sim, era reduzido. Dois lugares apenas para tanta vontade de libertar os corpos....
Ali estávamos nós, cientes do que queríamos, do que ia acontecer, partilhando aquele espaço limitado. Para mim, tudo fica mais intenso. As palavras reduzem-se ao mínimo porque os gestos sobressaem. As peças de roupa são tiradas na medida do estritamente necessário. O contacto é máximo pois o espaço é comprimido. As respirações ouvem-se com nitidez. Os gemidos assumem outro valor devido ao volume menor envolvente. O que se faz é resultado da imaginação perante um cenário tão acanhado. As soluções são surpreendentemente hábeis e carregadas de contacto. Os actos são acompanhados pelo aconchego dos corpos e do que nos rodeia. Os orgasmos parecem surgir do nada e não cessam rapidamente. As caricias que os acompanham arrastam-se pelo tempo e pela proximidade existente. A lua já nada significa porque os vidros embaciados nada deixam ver. O sexo e o amor estão tão próximos que se sentem de uma forma notável!
Reduzido? É tão bom!!!!

quinta-feira, 20 de março de 2008

Quem dá?

Dêem-me um mulherão!
Uma matulona! Daquelas que até metem medo aos homens!
Para eu brincar, desfazer e trincar!
Cara linda, olhos belos e brilhantes como um farol! Daquelas que fazem aquele olhar de prazer enquanto chupam!Lábios carnudos, vermelhos brilhantes e uma boca de boneca! Daquelas que abocanham com mestria o mastro!Um cabelo longo e forte! Ondulado e loiro de preferência. Podem ser madeixas! Daqueles que dá para agarrar e puxar para nós! Que permita arrancar um gemido bem alto!
Peitos fartos, firmes e redondinhos! Que se possam agarrar, mexer, brincar! Daqueles que ficam imensamente bem numa espanholada!Barriguinha trabalhada, lisa e dura! Daquelas que fazem umas ondinhas firmes quando estão contraídas! Daquelas que aparecem com os top's e só apetecem trincar!
Umas coxas grossas, firmes e proporcionais! Daquelas que se agarram bem, que ficam fantásticas nas mini saias e só apetece por a mão!Umas pernas torneadas! Morenas e muito bem feitas! Altas! Daquelas que nos envolvem em momentos mais quentes! Daquelas que ficam bem em qualquer tacão e que foram feitas para se verem!
Um rabo do melhor! Grande! Sem ser gordo! Sem ser pequeno! Arrebitado e rijo! Tão rijo quanto a erecção que pode proporcionar! Daqueles a que ninguém fica indiferente! Daqueles que qualquer fio dental desaparece! Daqueles que aguentam umas boas palmadas!Em resumo, uma mulher daquelas que nos fodem! Muito! E que dão tudo para que as fodam!
Tão puta quanto é possível, tão safada como só nos filmes, tão insaciável quanto se quer!
É pedir muito? Vá lá, não digam que não! ;)

domingo, 16 de março de 2008

Natura!

Não podia deixar de destacar o fantástico poder da natureza nesta altura.
É realmente soberbo verificar o que o instinto revela, toda uma série de coisas que nunca se aprendeu mas que de forma inata se sabem fazer.A transformação que se verifica nos comportamentos, passando de brincalhões para dedicados, de afectivos para protectores, de cabeça no ar para extremamente atentos, entre muitos outros aspectos!E ver tudo isto é uma dádiva. Para qualquer um!
Os cachorros crescem a olhos vistos, aumentam o seu tamanho e peso de dia para dia e até já tive de arranjar forma de os identificar para controlar os pesos :)É uma festa:)