Site Meter

quinta-feira, 6 de março de 2008

Chupar

18:30. Dia claro, sem nuvens, luminosidade característica de um fim de dia ensolarado e o calor existente no interior da viatura, filtrado através dos vidros e com ausência de vento, é reconfortante.
O transito é o habitual atendendo à hora, ao local e ao dia da semana pelo que o pára-arranca é uma constante e arrasta-se por alguns km's. Tudo normal e rotineiro se eu não tivesse olhado para a viatura que se encontrava à minha esquerda.
O veiculo era o típico utilitário, 5 lugares, cinza prata metalizado, alguns riscos laterais mas num estado geral aparente de boa conservação.
No seu interior apenas a condutora, que assim ao primeiro olhar, diria tratar-se de uma mulher nos seus 23-24 anos de idade, com uns traços bem desenhados, sem no entanto ser linda. Dava para ver que vestia uma blusa às riscas, acompanhada por uma saia justa ligeiramente acima do joelho e umas botas altas de tacão. O cabelo estava apanhado com um rabo de cavalo.
Esta descrição foi possível porque a cada pára-arranca, os nossos carros seguiam lado a lado, ora eu ligeiramente à frente, ora ela. Devo ainda dizer que muito provavelmente não saberia dizer neste momento todas estas características se um particularidade não tivesse chamado a minha atenção. Ela estava descontraidamente entretida com um chupa-chupa. Isso sim, foi o que me despertou. Não pelo simples facto de o estar a fazer mas a forma como o fazia.
Aquela mulher estava tão absorvida no processo de saborear, que o mais provável é nem ter reparado que desde que os nossos carros ficaram paralelos pela primeira vez, eu a passei a olhar quase fixamente, por uns largos períodos.
O que na realidade me estava a fixar era a forma absorvida e entusiasmada que aquele doce estava a ser apreciado por ela. A esfera comestível vagueava pelo interior da sua boca alegremente, perceptível aos meus olhos através do volume criado na sua boca e no deslizar pelas suas bochechas. Sabem quando se olha para alguém e se percebe claramente que está a fazer algo que lhe dá gozo? Era mesmo isso!
Por vezes utilizava a sua mão, parecia que o fazia deslizar pela língua e isto de forma suave e vagarosa. Não associar aquele acto a um carácter sexual seria o mesmo que ver a ministra da educação e não apetecer fazer greve:) .
Outras vezes limitava-se a ter as mãos no volante enquanto degustava freneticamente aquele pedaço doce e apetecível.
Tenho de confessar que todo aquele cenário estava a levar-me para outros cenários....
Ver aquele objecto a ser alvo de tanta gula, de tanta dedicação era demais para os meus olhos, para a minha imaginação e para as minhas comparações.
Imaginei toda aquela destreza oral, aplicada a algo que bem conheço, vinda da parte de uma mulher que nem sequer era de dar nas vistas mas que demonstrava dotes de grande perícia... e era quase impossível não imagina-la a lamber com igual prazer e dedicação um "lollipop" carnudo, igualmente saboroso, embora não tão doce, mas também por isso mais saudável, vindo de alguém comum mas com dotes aparentemente de colocar qualquer homem em loucura premente. Evidentemente que todo aquele exercicio de divagação, associado à visualização constante de tão belo chupar, me fez ficar em ponto de ser igualmente devorado....
Enfim, ainda por cima nem precisava de gastar dinheiro e faria certamente melhor à sua saúde que aquele objecto cheio de produtos maléficos:)A moral da história é que chupar não faz mal e pode ainda fazer muito bem à saúde. E isto aplicado ao transito, pode provocar acidentes:)Ainda por cima relaxa! E eu concordo:)

70 comentários:

  1. E então?
    Abalrroaste-lhec o carro, ou quê???
    (com o famoso "Ai desculpe, que me enganei!")
    ;o)

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Dear Noivo,

    Não poderia estar mais de acordo, ó se relaxa meu amigo ó se relaxa :-D

    renhauuu

    ResponderEliminar
  3. Ora , andava eu à pesca , por estes mares a dentro , quando o raio do leme se avariou e vim dar aqui . Olha , desculpa o abuso , mas dei uma volta aqui pela ilha , e então não é que fiquei encantado .
    Bem , vou partir (à deriva), mas deixo o convite para passares lá pelo meu "Charroco" , pode ser que gostes .

    Abraços .

    ResponderEliminar
  4. Agora ando com uma ligeira tendência de ir a conduzir e ir a chupar o belo do chupa!

    um beijo, cor

    ResponderEliminar
  5. Nunca se sabe o que se esconde atras de uma pessoa aparentemente vulgar, que se confunde com a multidão...

    Vai uma chupadela...ehehehehe


    Na volta ate era lesbica...ahahahahhahaha...nada de pilas...

    ResponderEliminar
  6. Sempre é melhor que a típica visão de ter ao lado durante vários quilómetros um gajo qualquer a tirar macacos e a olhá-los com admiração.

    ResponderEliminar
  7. Pois olha por acaso de chupas não gosto muito , mas do resto até não desgosto hahaha!!!!
    Beijinhos para ti!!

    ResponderEliminar
  8. Bah... tinha tido piada era teres buzinado para lhe chamares a atenção e teres-lhe dito que se ela lambesse o resto como o faz com o chupa-chupa, o seu respectivo é um homem cheio de sorte! :P

    A sério... já me disseram que eu devia dar aulas de como o fazer... Não com chupa-chupas, que sinceramente não são muito a minha onda! :P
    Havia de ser bonito: Madame Zaka e as aulas de como fazer um broxe! Credo! :\

    ResponderEliminar
  9. Ai rapaz!!! delicioso!
    Quando vejo coisas assim parecidas, ponho-me a imaginar como será aquela vida, o seu interior...
    Hummmmmmmmmm....
    :)

    ResponderEliminar
  10. Ena!!!
    Quite a vision... aposto que quando chegaste a casa ofereceste um chupa-chupa à tua noiva... rsrsrsrs...

    Beijoca viajante!

    ResponderEliminar
  11. Era daqueles dias em que não te importavas de o transito estar parado!
    O gajo dela é que deve ter sorte....digo eu!!??

    loll

    ResponderEliminar
  12. hmmm chupa-chupas não me seduzem...agora o lollipop carnudo já é outra historia :P
    Acho que há alguém com sorte esta noite LOL
    Bjos meus

    ResponderEliminar
  13. e ser chupado ?

    não relaxa... LOOOOL

    ResponderEliminar
  14. Um texto que sorve tudo o que de mais absorvente existe na aspiração e na sucção de uma boa e inspirada chupadela, seja ela num Chupa Chups ou num rebuçado Dr. Bayard.
    Um abraço. Gostei.

    ResponderEliminar
  15. Como gostaria eu de ser um chupa chupa e andar na boca das mulheres.
    N contaste esse teu episodio a noiva?

    Abraços

    ResponderEliminar
  16. Há lá melhor coisa que chupar um chupa em plena via?!?!?! Seja lá qual for o chupa...

    jokas ;))

    ResponderEliminar
  17. Noivo, tu não me digas que és sócio da Chupa Chups...rsrsrs
    desejando um bom fds

    ResponderEliminar
  18. Hehehehehe gulosos ....
    Boas a todos , coisa que mais adoro , é comer uma banana perto de quem me atrai , ou chupar um belo de um calipo , olhar ao mesmo tempo que se vê o gelo a entrar e a sair da boca , lamber o
    o sumo que escorrer pelo canto da boca .
    Viva ao reflexo de sucção poderoso afriodisiaco e complemento para uma noite de partilha de sabores.
    Sem mais beijos a todos.

    ResponderEliminar
  19. Confesso meu pecado...de tanta vez ir a chupar o chupa-chupa por pura provocação quando conduzo...de passar as lingua nos meus lábios,de os mordiscar quase a indiciar um convite!!!
    Confesso...adoro os prazeres da boca e julgo que algures nas fases Freudianas de desenvolvimento me deixar ficar confortavelmente na fálica...
    Sónia(eu até acho que o meu nome convida...a boca fica mesmo a jeito...)

    ResponderEliminar
  20. Olá,

    a administração da horta em assembleia geral resolveu alterar os links que o pessoal lê e comenta, por isso este blog foi adicionado à lista do comia-te !

    se não queres que o teu blog aparece lá na horta mostra a tua indignidade na horta, ou se por acaso fores a dar para o tímido/a manda um mail para a malta que rapidamente desapareces da horta !

    não será por isso que te deixamos de ler e comentar !

    um grande bem haja !

    http://comia-te.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  21. Um relaxamento impar,vai sempre bem...chupar é sempre bom...

    ResponderEliminar
  22. Pronto, pronto.
    Escusado será dizeres o que fizeste quando chegaste a casa.
    rsrsrs.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  23. Aqueles chupa chups que puseste nas imagens são os meus preferidos, ando sempre com uns na mala :p
    E não só relaxa, como dá ideias...:p

    Beijo grande

    ResponderEliminar
  24. sorrisos: confesso que não:) ela nem se apercebeu que estava a ser observada:)

    ResponderEliminar
  25. charroco: obrigado e irei certamente!

    ResponderEliminar
  26. cor: queres ver que eras tu....:)

    ResponderEliminar
  27. rosa: fosse lá o que fosse alguém é muito sortudo:)

    ResponderEliminar
  28. zaka: tu nem digas uma coisa dessas:)

    ResponderEliminar
  29. shelyak: pois o problema é mesmo começar a pensar:)

    ResponderEliminar
  30. viajante: começas a entender:)

    ResponderEliminar
  31. peixe: também acho que sim:) e que sorte:)

    ResponderEliminar
  32. tav: no inicio nem por isso. no fim....bastante:)

    ResponderEliminar
  33. pduarte: ela é que sorvia tudo e de que maneira!:)

    ResponderEliminar
  34. anonimo: olha que algumas trincam:)

    ResponderEliminar
  35. fotografa: não sou mas não me importava de ser. ja viste a quantidade de mulheres que chupariam o que era meu?;)

    ResponderEliminar
  36. anónimo: não me digas que eras tu no outro carro:)

    ResponderEliminar
  37. profundo olhar: eu não sei discordar disso:)

    ResponderEliminar
  38. nostálgica: já somos dois:)

    ResponderEliminar
  39. nikita: dão ideias das boas e gostosas:)

    ResponderEliminar
  40. naturezas: tb podem ser ligth;)

    ResponderEliminar
  41. Nunca te presentearam com tal?!??!
    Jokitas.

    ResponderEliminar
  42. Ok...eu tenho sempre um chupa no carro para as viagens maiores....um chupa e musica bem alta. Relaxa, faz com que um possivel enjoo nao apareça.


    Só de pensar nas ceninhas que faço de chupa na boca a intercalar com a cantoria.looool.

    Obrigada pelo alerta :)

    bj

    ResponderEliminar
  43. Relaxa pois...e não mata!
    Bjs

    ResponderEliminar
  44. Por acaso é um acto que vos chama muito a atenção...ah pois é!!
    ...já dei por mim no carro a ser observada com uns olhos devoradores por estar a comer um chupa-chupa...na altura devo ter corado...percebi de imediato a "maldade" que lhes passava pela devassa cabeçinha!
    ...confesso que adoro o belo do chupa-chupa...mas é um vício saudável..não é?!!

    ResponderEliminar
  45. attitude: olha que já, mas talvez nunca sejam demais:)

    ResponderEliminar
  46. silvia: já tou a ver que não contribuis para segurança rodoviária:)

    ResponderEliminar
  47. marta: não mata não senhora:)

    ResponderEliminar
  48. Vício de boca....poiszatão!!!!

    Um abraçoi:pandorabox

    ResponderEliminar
  49. Queres um chupa-chupa??? sabor a???

    ResponderEliminar
  50. fi: não deveria ser eu a perguntar isso?;)

    ResponderEliminar
  51. Exactamente como um post que já fiz...os pormenores dão cabo de mim!

    E sim, chupar é óptimo! Tudo o que tenha a ver com bocas é a tesão total!

    ResponderEliminar
  52. E, como é bom saborear o chupa chupa...beijo fantasma.

    ResponderEliminar
  53. lovely: tenho de concordar ctg!:)

    ResponderEliminar
  54. Bem...
    Fiquei com água na boca... e atrevo-me a dizer que saboreava agora um chupa chupa...

    Bom , muito bom texto que me levou a divagar imaginando a cena quase atrevendo-me a visualizar tal através das tuas palavras...

    (*)

    ResponderEliminar
  55. momento: isso é algo bom então?

    ResponderEliminar
  56. ops...
    já devo ter feito essa figurinha... agora que penso nisso, eu gosto bem desses docinhos :p

    beijo*

    (essa de ver a ministra e n apetecer fazer greve está demais! foste a lisboa?)

    ResponderEliminar