Site Meter

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

HOMENS! A UTESAO precisa da vossa participação!

É chegada a hora do sexo forte! (não vale reclamar) :)
Mais uma vez, passo a explicar o que se solicita:
- Recordem as 3 experiências sexuais mais marcantes pela positiva que já tiveram;
- Relativamente a cada uma dessas, classifiquem-nas quanto a:
Se foi com a actual companheira/com outra;
Quanto ao número: a dois/trio/grupo(especificar);
Quanto ao local: casa/carro/ar livre/local público/outro(neste caso especificar);
Quanto à iniciativa: se foi tua/dela/vossa/de outros/outros casos, por favor especificar;
Quanto ao impacto: se foi novidade/inesperado/fantasiado/combinado;
Palavra chave: uma palavra que sirva de ilustração a essa experiência.

Classificação das 3 por ordem(em que 1 será a mais marcante)
Caso ilustrativo:
Classificação- 1ª
Número- a dois
Local- carro, num local público
Iniciativa- dele
Impacto- combinado
Palavra chave- tesão

Penso que deu para entender.
Vá lá meninos! Elas contribuíram em peso! Não quero baldas!!!
Por questões de confidencialidade, agradeço o envio para o mail do blog ( thenoivo@gmail.com ).
Agradeço desde já as vossas respostas!
P.s.- Meninas, tragam cá também os vossos mais que tudo, amantes, amigo, quem quiserem mas tragam!

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

UTESAO precisa da vossa participação!

Pois muito bem!
É chegada a hora de solicitar a ajuda das minhas caras leitoras, visitantes e todas aquelas que sejam do sexo feminino. :)
A UTESAO, para os mais distraídos, Universidade das Teorias Especiais Sobre Assuntos Orgasmicos, está a realizar um estudo e vem por este meio, solicitar às digníssimas meninas, senhoras e afins que participem activamente, contribuindo assim para conclusões que se pretendem elucidativas. Assim, passo a explicar o que se solicita:
- Recordem as 3 experiências sexuais mais marcantes pela positiva que já tiveram;
- Relativamente a cada uma dessas, classifiquem-nas quanto a:
Se foi com o actual companheiro/com outro;
Quanto ao número: a dois/trio/grupo(especificar);
Quanto ao local: casa/carro/ar livre/local público/outro(neste caso especificar);
Quanto à iniciativa: se foi tua/dele/vossa/de outros/outros casos, por favor especificar;
Quanto ao impacto: se foi novidade/inesperado/fantasiado/combinado;
Palavra chave: uma palavra que sirva de ilustração a essa experiencia.

Classificação das 3 por ordem(em que 1 será a mais marcante)
Caso ilustrativo:
Classificação- 1ª
Número- a dois
Local- carro, num local público
Iniciativa- dele
Impacto- combinado
Palavra chave- tesão

Penso que deu para entender. Solicito a participação massiva de forma a que os resultados possa ser o mais fiáveis possiveis. Tragam aqui as vossas amigas, irmãs e até as mães se for preciso mas colaborem!
Por questões de confidêncialidade, agradeço o envio para o mail do blog ( thenoivo@gmail.com ).
Meninas, vou estar atento a quem se quer baldar!!!
Agradeço desde já as vossas respostas!

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Glamour

Fantasias existem às toneladas. Todos temos, todos pelo menos já tivemos e a maioria continuará a ter.
Por vezes damos por nós a imaginar determinada situação, a sua envolvência, os pormenores e requintes. Umas são mais frequentes, outras mais esporádicas, podem surgir dependendo do local ou da altura mas quase sempre têm o condão de nos deixar como se diz por estas bandas “power on”!
Também acredito que todos temos um pouco “de voyeur”. Mexe connosco ver alguém nos amassos, passar num local qualquer e ver um casal com “cara de caso” ou mesmo em plena actividade. Seja num carro, num local mais escuro, através de uma varanda ou janela. Uns são capazes de desviar o olhar, outros quando são confrontados com o olhar de quem está “no bem bom” param de ver e haverá também quem é capaz de ficar mesmo ali a ver tudinho, quem sabe até à espera de um gesto qualquer que signifique “juntem-se”.
Imaginar uma orgia penso que já todos o fizeram. Estar perante uma, certamente aconteceu a muitos menos, dar de caras com elas frequentemente para alguns seria o auge.Ter sexo na praia não tem nada de transcendente nos dias de hoje. Só ainda não o fez quem não quis. Mas acredito que ainda assim mexa com a libido de muita gente. Estar na praia e como se de repente quase toda a gente à vossa volta começa a fazê-lo, claramente é algo digno dos filmes eróticos mais quentes.Festas da espuma ao ar livre, com corpos fantásticos, calor e excelente música quem não gostaria de ter? E se fossem daquelas em que qualquer coisa pode acontecer? Ahhh isso seria o auge!
Ir tomar um copo a um qualquer bar à noite, junto à praia e no verão, por si só já é agradável e a pouca roupa torna o ambiente bem mais apetecível. Mini saias, top’s, decotes, vestidos finos e quase transparentes, etc.. são comuns e sexy’s. O que diriam então se as mini saias fossem cintos, os decotes fossem a perder de vista, os vestidos pequenos pedaços de pano e em muitos casos sem a função de esconder o que existe por baixo? Era a loucura? Pois…
E se depois desse tal copo e já numa discoteca, esse mesmo ambiente fosse apimentado por corpos ultra sensuais e dançantes, atitudes luxuriantes e sedução permanente?Se a música se entranhasse no mais ínfimo pedaço dos nossos corpos, se fosse da melhor qualidade e ainda colocasse toda a gente a mexer?
Se as sensações da ordem fossem tesão, excitação, dureza, humidade e uma imensa vontade de foder, isso seria “impulse”? Não. Não! Não!!!
Seria CAP! Seria Le GLAMOUR! Seria o que realmente Foi!!!
P.s- fotos reais!