Site Meter

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Woman power?

Falar de mulheres é falar de poder.

Digam o que disserem, elas mandam!
Podem queixar-se das tarefas domesticas. Podem ser discriminadas em relação aos salários em alguns empregos. Podem até sofrer com a menstruação mensalmente mas.....elas é que dominam!
E sabem que mais? Não existe grande volta a dar!!! Porquê? bastaria dizer: porque sim, mas acho que posso ir mais longe....
Já pensaram bem que em condições de igualdade elas ganham sempre?
Na realidade que armas temos nós perante elas? Poucas, muito poucas ou mesmo nenhumas!
Se elas não cozinharem, a maioria de nós tenta fazer uns ovos estrelados com salsichas, isto se houver alguma arte. Se por acaso a cozinha da casa for orientada pelo macho, em caso de falta, elas desenrascam-se muito melhor.....
Passar a ferro? Acho que nem vale a pena argumentar por aqui... :)
Nas lides e funções domesticas, penso que apenas teríamos vantagem no tipo de coisas que envolvessem força bruta e ferramentas. Ainda assim, acreditem que ao contrario de nós nas questões acima referidas, não faltariam candidatos a oferecerem os seus serviços às meninas....basta ver o que acontece quando se tem um furo num pneu do carro..... :)
Mas há mais e melhor!!!
Vejam o caso da relação mais intima...
Quando elas não estão para aí (nós) viradas, existe sempre o cansaço, o sono, a dor de cabeça, o periódico, a SPM (síndrome pré-menstrual), porque estão chateadas connosco ou nenhuma justificação. Quando nós não queremos, para elas o motivo é sempre "outra"!
Umas negas seguidas da parte delas, sem motivos aparentes ou com um conjunto de desculpas das acima mencionadas, leva alguns homens a questionaram se efectivamente serão infelizes coincidências seguidas ou se elas realmente os desejam. Uns continuarão a esperar que dias melhores cheguem e outros (mais fortes) adoptam a "guerra", respondendo na mesma moeda à primeira oportunidade em que elas tentem "fumar o cachimbo da paz", sabendo de antemão que será atingido um acordo ainda antes de "as conversações se iniciarem".De qualquer das formas e excluindo a procura de "assistência externa", a verdade é que não estou bem a ver de que forma é que poderemos algum dia ter acesso a armas do mesmo calibre que elas, no que concerne a este tipo de "guerra fria". Arrisco-me mesmo a dizer que deve ser algo do tipo: nós ameaçamos com uma bomba "suja" (um peidito), que tem como efeitos colaterais a impossibilidade de estar na mesma cama durante alguns instantes e elas respondem com o seu arsenal químico (hormonas) que nos deixam dias a fio perto da castração mental e física!A verdade é que elas mandam e pouco se pode fazer relativamente a isso!
Já tentei pensar em formas de retaliação para estas questões mas não vejo grandes soluções.
Estamos destinados a que elas imperem? Será o divorcio contemplado? Mas aceitam-se sempre sugestões iluminadas!!! :)

47 comentários:

  1. Estamos destinados sim...elas é que são o farol da nossa vida, aquelas que seguimos de olhos fechados!!

    A não ser que sejamos gays...

    Quanto às armas, julgo que são iguais para os dois lados da barricada. Elas não gostam de estar com idiotas, nós não gostamos de estar com meninas cheias de frescuras!
    Sexo como arma? Nada que o auto-prazer não resolva....

    Ambos temos o poder, só temos que saber doseá-lo e conjugar as nossas vidas para que as opiniões não sejam sempre tão divergentes!

    Abraços e beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Nem vou tentar rebater nada do que dizes...
    Tenho plena consciência que comigo é assim mesmo! :D

    Tirando numa coisa... nunca levo negas mais do que um dia de seguida...

    De resto... confesso-me culpada de todas as "acusações"...

    ResponderEliminar
  3. casalmaravilha: e será que o auto prazer é o que se busca numa relação? Cheias de frescuras? mas não será muito por aí?

    ResponderEliminar
  4. zaka: nem te imaginava (mulher) de outra forma :) tirando as negas de mais de um dia!:)

    ResponderEliminar
  5. @noivo: Não disse que a auto-satisfação era o que se procurava na relação, só o disse porque com os tomates cheios, não há discussão que se resolva.

    Há que nivelar essa testoterona, para que possamos estar ao nível delas e assim chegarmos a um entendimento razoável. Não acho que seja sempre assim, mas é uma dica tão boa como qualquer outra.

    O problema é elas serem diferentes de nós e vice-versa e o ser humano tem uma grande dificuldade em lidar com a diferença, porque somos programados desde de tenra idade para sermos todos iguais (as batas ou uniformes nas escolas, os comportamentos nas empresas, na sociedade em geral).

    Fiquem bem

    ResponderEliminar
  6. casalmaravilha: sim, é uma dica como outra e como tal sempre válida. Mas estamos de acordo que elas acabam sempre por ganhar?

    ResponderEliminar
  7. Noivinho, essa é que é essa, e mai nada.
    Beijoca e bom domingo.

    ResponderEliminar
  8. Interessante seu espaço...

    Bom domingo pra vc,
    bj.

    ResponderEliminar
  9. Mais uma análise bem lúcida da actualidade. Não há dúvidas...se fores a um stand e a tua mulher não gostar da cor do carro, consegues comprá-lo? :)

    ResponderEliminar
  10. Caro Noivo :)

    Sempre igual a si próprio.
    Folgo em sabe-lo bem a todos os níveis.

    Deixo-lhe um bisou

    ResponderEliminar
  11. d. Antónia: só falo verdades:)

    ResponderEliminar
  12. Aiiiiiiiii...é tão bom estar no poder!!!
    Não lutes contra...resigna-te!! Eu acho que metade da vossa graça é a tentativa de lutar contra a nossa supremacia!

    ResponderEliminar
  13. Em tudo verdade.

    Aliás acrescento que existem certos cargos da sociedade de deveriam ser exercidos por mulheres...acho que melhorava muito...

    Por exemplo sou 100% a favor de mulheres na igreja.... Os padres falam falam mas do que lêem nos livros....muita teoria pouca prática.

    Noivo, este post acho que foi mais uma confissão generalizada do que os homens acham do poder das mulheres....

    E Confesso publicamente por vezes gosto tanto que ela mande assim..

    Sobrescrevo inteiramente,

    NFRF

    ResponderEliminar
  14. Tens toda a razão e dou-te os meus parabéns por seres homem que admite isso mesmo!!!

    Concordo com tudo à excepção da nega de sexo do homem para a mulher!!!

    Pessoalmente já neguei muitas vezes... mas quando ele diz "hoje não me apetece!" acaba sempre por fazer o que quero e até usa essa afirmação para me por com vontade!!!

    Achas mesmo que os homens dão negas às senhoras????

    ResponderEliminar
  15. Excelente tema. Acho que como em tudo a virtude está no equilibrio, mas nem todas as mulheres são assim como dizes, muitas são, mas não todas.

    Sugestão iluminada :
    Boa Sorte! É que acho que anda tudo à prócura do mesmo.

    ResponderEliminar
  16. Sem palavras...um verdadeiro expert na mente/arte femininas!
    Confesso...que este post me acertou nalgumas "feridas"!!!

    ResponderEliminar
  17. hummm

    tenho cá para mim qu isto é uma manobra de diversão

    ou isso ou engate!

    ;)

    ResponderEliminar
  18. Tá claro!!!...as
    abraço poderosas!!!

    ResponderEliminar
  19. Não, não... eu mando, mas elas decidem!

    ResponderEliminar
  20. Post bom. Muito bom.
    Lá está. Vocês têm a força bruta, nós temos os "neurónios". Não adianta argumentarem connosco, por norma as nossas competências linguísticas (nada de pensamentos jocosos, tá? Refiro-me à utilização da linguagem... mesmo) estão muito mais desenvolvidas que as vossas. E sim, temos oscilações hormonais brutais, o que ajuda à tomada de poder, porque nunca, mas nunca sabem com o que podem contar.
    Mas sinceramente, mais difícil de desconstruir que o poder feminino, é o masculino. É que o síndroma de "eu é que mando porque na pré-história era eu que caçava os mamutes lá para casa", é ainda imposto por muitos homens, e pior, aceite sem questionamento por mais mulheres ainda.
    Contudo, felizmente, as relações podem ser (e são-no na maioria das vezes) um subtil equílibrio de poder, em que as forças se vão ajustando e toda a gente sairá mais ou menos realizada - o que é mau para o meu negócio, eheh.

    ResponderEliminar
  21. 2cute: será que é mesmo assim?

    ResponderEliminar
  22. Nfrf: no fundo acho que todos gostamos mas quais são as armas de contra-ataque?:)

    ResponderEliminar
  23. maaf: a questão é ver e concluir que isto é um facto. No que respeita às negas, eu sei dar! custa, ai se custa, mas consigo!

    ResponderEliminar
  24. ondinhas: acerta em 99%:) é fácil!:)

    ResponderEliminar
  25. cem: acredita que não. manobras de diversão é não ver ou fingir que somos nós que mandámos só para dizer que sim!

    ResponderEliminar
  26. blue: concordo com quase tudo que disseste. No entanto, e penso que ambos sabemos que assim é, muitas mulheres apesar de tudo isso, prefeririam "não ter opção de escolha" mesmo sem se darem conta disso.

    ResponderEliminar
  27. Noivo, estás a desvendar um dos segredos masculinos mais bem guardados, pá. Claro que elas mandam, claro que nós sabemos, claro que nós não nos importamos. Mas elas não têm de saber isto tudo, deixa-as pensar que nós somos ingénuos, pois se elas se apercebem que estamos na boa, ainda passamos a verdadeiros escravos, e nem sempre sexuais!

    Abraço!

    ResponderEliminar
  28. Love the music!!!
    and yes you may be the man of the house, the leader and all but the reality is that you are only going to lead to where the woman is going to tell you to LOL LOL

    biatch kisses lol lol

    ResponderEliminar
  29. rafeiro: na realidade já somos:) só não queremos/gostamos de admitir:)

    ResponderEliminar
  30. Erotic: é por aí mais ou menos. mas não necessariamente:)

    ResponderEliminar
  31. É verdade sim... na maior parte dos casos a ultima palavra é feminina!

    =)

    *

    ResponderEliminar
  32. Em primeiro é de realçar o excelente conteudo deste blog parabéns ao noivo . Em relaçao ao post está muito Bom pq realmente nós mulheres é que damos o veredito final hehehe. Concordo plenamente com o coment da Blue Myfly só é pena que infelismente em pleno século xxi ainda existam alguns homens que axam e que ajam como uns maxoes que nao tem nada na cabeça. Mas pronto sejam todos felizes cada um á sua maneira, no fundo no fundo vcs homens até gostam que a gente mande ehheheh
    Beijocas

    ResponderEliminar
  33. anónimo: obrigado! não uso babete mas agora fazia falta:)
    Eu não desgosto que mandem se for algo do género: "anda pra mesa", "anda pra cama", "anda foder":)

    ResponderEliminar
  34. Não precisas de babete nenhuma quando se faz as coisas com gosto fica esse resultado heheheh.
    Então estás a dar-me razão ainda que seja nessas situações afinal gostas que elas mandem hehhehehhe e nós não mandamos só coisas más.....
    beijocas

    ResponderEliminar
  35. Joana: acontece que em certas situações vale a pena!:)

    ResponderEliminar
  36. O casal maravilha já disse tudo o que eu gostaria de dizer.
    Numa relação a dois não pode haver um perdedor e um ganhador, ha assuntos que não podem ser discutidos na cama mas sim à mesa, claro que depois pode se festejar o resultado na cama

    ResponderEliminar
  37. felina: por vezes isso não funciona;)

    ResponderEliminar
  38. Pois é,´mulheres ao poder...e como eles gostam...

    ResponderEliminar