Site Meter

domingo, 23 de outubro de 2011

Cinema II


As pipocas já custavam a atravessar a garganta, mesmo empurradas pelo líquido....
Já não prestava atenção nenhuma ao filme e a julgar pela quantidade de vezes que os nossos olhares davam um com o outro, ela também não.
De repente, ela pura e simplesmente, levanta-se, toma o lugar ao lado do meu, sem dizer uma única palavra.
Acomoda-se, volta a cruzar as pernas, desta vez fazendo subir ainda mais a saia e ali ficou, impávida e serena, pelo menos assim parecia em contraste com o que eu sentia e pensava. Eu já não sabia como me comportar.... se dizia algo, se continuava a olhar descaradamente para aquele pedaço de mulher e de tesão, se pensava se aquilo não seria algum apanhado da tv.....
E foi quando senti um  toque no meu braço, que estremeci. O braço dela pousava no mesmo encosto de cadeira e mesmo sabendo que me tocava ali estava o braço dela. Estava a ser difícil, muito difícil de controlar....ela estava claramente a provocar-me, a testar-me, a insinuar-se e tudo aquilo fazia com que eu senti-se o meu pau a latejar, pulsando, querendo sair da prisão em que se encontrava.
Ela já não olhava para mim, simplesmente observava o filme e fazia ligeiros movimentos com o seu braço, quase que roçando no meu, que propositadamente não havia retirado do lugar.
Nesse momento, colocou a sua mão contrária à do encosto, entre as suas pernas cruzadas e fê-lo de uma forma tão lenta, tão sensual que eu estava a alucinar. A sua saia subida era já do tamanho de uma micro saia e portanto era impossível não saber onde tinha colocado a sua mão. Percebia uns ligeiros movimentos mas foi quando comecei a ouvir uns sons, muito baixos, quase imperceptiveis apesar de ela estar mesmo ao meu lado, que tive a certeza que se estava a tocar.... e a gemer muito baixinho. Inaudível para os demais mas perfeitamente audível para mim e ela sabia disso.
Não sabia se devia fazer algo ou simplesmente deixar ver no que dava, se entrava no jogo ou se não ia a jogo.
Foi quando senti a mão dela apertar suavemente a minha perna......

4 comentários:

  1. Saudades de novos post...

    ResponderEliminar
  2. Sabe q fazia tempo q tinha lido algo tão simples, curto e ao mesmo tempo tão excitante!

    Fiquei curiosa..........rs

    bjs

    ResponderEliminar
  3. Então noivo??? Queremos ler os teus posts!! Só espero que o ano de 2012, será melhor que o de 2011,em relação a posts...Estamos com saudades...Força!! E tesão!...sempre!
    Um beijo com tesão,
    Secretdesire...

    ResponderEliminar
  4. Tens andado desaparecido...

    Vim cá para te deixar um beijinho e desejar um Feliz Ano Novo... que 2012 seja um pouco melhor...

    Sei Lá!

    ResponderEliminar